Logotipo do Qype Faça Parte do Yelp

Qype uniu-se ao Yelp para trazer mais avaliações, usuários e empresas. Ler Mais.

Mapa
Editar
  • Rua Alm Baltazar 435
    Rio de Janeiro - RJ 20941-150
    São Cristóvão
  • Obter Intinerário
  • Número de telefone (21) 3461-3600

Avaliações Recomendadas

×
A sua confiança é a nossa maior preocupação, portanto, as empresas não podem pagar para alterar as avaliações. Saiba mais.
  • 4.0 classificação
    31/7/2013

    Para mim, o quinta d'or é melhor hospital da rede d'or!

    Quando operei, fiz todo o procedimento no quinta d'or, inclusive a internação. Achei tudo de primeira! A infra-estrutura é ótima, o hospital é bem clean, moderno, com enfermeiros super atenciosos! Nunca usei a emergência do hospital, mas quanto à internação e cirurgia posso dizer que a equipe é muito boa mesmo! Adorei o quarto também, bem espaçoso e permitiu que meu pai e minha mãe pudessem ficar comigo confortavelmente! A vista também era bem bonita, voltada para o verde da quinta da boa vista!

    O único problema que tive foi que a enfermeira quase me injetou dipirona, mesmo depois de eu ter dito que era alérgica. Mas minha mãe viu a tempo e impediu que acontecesse o incidente.

  • 1.0 classificação
    19/11/2013

    Saber que algumas pessoas consideram este o melhor Hospital da rede D'or é preocupante, pois não consigo imaginar como devem ser as outras unidades.

    A primeira experiência que tive nesse Hospital foi quando dormi com dois bebês gêmeos, filhos da minha prima, que ficaram internados neste hospital. Medicamentos não tinham hora certa para serem administrados. Alguns foram até "pulados". Durante a madrugada foi necessário implorar para trocarem uma roupa de cama urinada. Depois de uma demora monstruosa, a enfermeira apenas limitou-se a deixar a roupa de cama e eu mesma tive que trocar. Ah! Os vômitos também eu quem tive que limpar... enfim....

    A segunda experiência foi própria. Antes de descobrir que tinha cálculos na vesícula, fui parar na emergência do Quinta D'or com uma dor que nunca havia sentido em toda a minha vida. Jurava que estava enfartando, sem exageros. O local estava tão lotado que por um instante vislumbrei estar num hospital da rede pública. O meu desespero era tamanho que minha mãe, pensando que eu estava tendo um ataque cardíaco, desmaiou e teve que ser atendida. Mesmo com forte dores e vômitos fui examinada superficialmente e diagnosticada com uma simples dispesia. Se tivessem feito os devidos exames, teriam descoberto que eu estava tendo uma distensão abrupta da vesícula. Limitaram-se a aplicar um medicamento com soro na veia e me mandaram para casa.

    As instalações de hospital particular do Quinta D'or  não condizem com o atendimento de um hospital do SUS. Sem mais.

  • 4.0 classificação
    17/7/2013
    Primeiro a Comentar

    Sempre que preciso de uma emergência é pra lá que eu vou. Sempre fui muito bem atendida e sem grande demora mas ultimamente as coisas mudaram um pouco e é comum você ficar no mínimo 1 hora para ser atendida. Ao mesmo tempo isso não é exclusividade de lá, todos os hospitais particulares vivem lotados.

    Sei que todo mundo erra mas se tem uma pessoa que não pode errar é o médico. Na última vez que eu fui atendida lá o médico não anotou o medicamento que eu havia falado que tinha alergia e advinha, a enfermeira veio me dar esse remédio. Sorte que eu vi senão poderia ter tido outras complicações por falta de atenção do médico.

  • 4.0 classificação
    15/8/2013

    Antes do Hospital Israelita ser inaugurado, quando acontecia algo comigo minha mãe sempre me levava pro Quinta Dor. Apesar de ser meio que no meio do nada, Tem um ônibus que passa quase na porta e o metrô é relativamente perto, dá pra ir andando se não tiver de noite. O hospital é grande e bem estruturado, tudo lá é impecável, dá um banho no Israelita. Os quartos são enormes, tem tv, varanda, banheiro, ar condicionado funcionando perfeitamente, frigobar e ainda tem uma vista linda. Mas a comida de lá é horrível, já tomei café da manhã de acompanhante e só jesus. Principalmente porque nos arredores não tem muita coisa, então ou você come lá ou não come.

    • Usuário Qype bruxao…
    • Brasília - DF
    • 27 amigos
    • 59 comentários
    4.0 classificação
    2/1/2012

    olha, se tem uma coisa que se espera de qualquer hospital da rede D'Or, essa coisa é o atendimento impecável.
    Mas o atendimento pediátrico do Quinta D"Or andou pecando.
    Precisava levar meu filho para lá (o médico da clínica de emergência recomendou que o transporte fosse em ambulância) para uma tomografia do crânio  meu moleque bateu com a cabeça no chão e ficou com sono.
    A atendente da clínica onde meu filho estava demorou horrores pra falar com alguém no Quinta D'Or. Ora a ligação caía de tanto que ficava na espera, ora ninguém atendia, ora o médico de plantão estava num procedimento e retornava a ligação mais tarde  oque acabou por não acontecer.
    Quando, enfim, acertou-se a remoção do meu filho da clínica para o Quinta D'Or e chegamos os dois lá numa ambulância, a emergência pediátrica simplesmente não sabia que um paciente estava para chegar. Ah, não fui informada de nada, disse a médica de plantão, que demorou uns cinco minutos para surgir (eram 5 da manhã, a emergência pediátrica estava às moscas).
    Uma vez acertados os imprevistos, meu filho fez a tomografia que precisava fazer. O atendente foi superpaciente, calmo e tranquilo, e esperou q eu acomodasse meu filho na maca e esperou que ele adormecesse mais profundamente para iniciar o exame (meu filho nem tomou ciência do que acontecia).
    Enfim, o atendimento do Quinta D'Or é excelente  o que falta é comunicação entre os integrantes da equipe e da equipe do hospital com outros estabelecimentos de saúde

Página 1 até 1